Paulo Roberto Segundo e os Signos no Hemisfério Sul da Terra Paulo Roberto Segundo e os Signos no Hemisfério Sul da Terra


Peixes

23 de agosto a 22 de setembro - (para quem nasceu no fim do Inverno)

image2.gif

Peixes é um Signo mutável que marca o final do Inverno e o fechamento do Ano Astral, do ciclo vital do hemisfério. O seu elemento é a água e o seu princípio é passivo. No corpo humano representa os pés, a aura magnética, o sistema de fibras e nervos. É um Signo de compreensão e de fé que marca a saúde mental, o estado da mente, os estados ocultos. É compassivo, caridoso, simpático, emocional, intuitivo, artístico, alegre, inspirado, fraterno, bondoso, místico. Quando se manifesta sempre diz "eu creio". É um Signo animal, bicorpóreo, mudo, fecundo e de vitalidade média, de polaridade feminino-negativa.

No seu lado negativo é submisso, apático, pervertido, promíscuo, crédulo, mediunicamente obsessivo, com tendências homossexuais.

As vibrações superiores de Peixes inclinam para as ações humanitárias e fraternas e os contatos com as forças cósmicas – vistas como divinas.

Peixes normalmente tem para si um paraíso artificial, onde vive seus sonhos e devaneios.

Peixes é o Signo da décima segunda Casa, cujo regente é Júpiter.

PERFIL MASCULINO

Um dos pontos marcantes das pessoas de Peixes são os olhos. Os olhos dos Piscianos parecem ver através das coisas e das pessoas, o olhar parece mergulhar nas coisas, como se estivesse a procurar o mistério que pode haver em todo lugar. O olhar dos Piscianos parece mesmo o olhar do peixe, aquele que olha para tudo e para nada ao mesmo tempo.

Há dois tipos de Piscianos e a diferença mais marcante está no ritmo; um é lento e silencioso; o outro é lento e leve.

Os pés são o ponto fraco dos Piscianos, mas também devem cuidar dos sistemas edócrino e linfático.

Evitar o contato com pessoas doentes é quase fundamental, principalmente se as doenças forem viróticas e contagiosas, porque eles são como esponjas de vírus.

Costumam ter tendência para reter água nos tecidos, e psiquicamente tendem para o autismo, o alcoolismo, as drogas, tudo o que pode afastá-los do, plano real, do chamado mundo exterior.

Como podem sentir muita sede, é bom que tenham sempre água pura ao alcance das mãos.

Os Piscianos mostram diferenças básicas entre os dois tipos possíveis também no campo alimentar: um não se importa nem um pouco com o que tenha que comer e aceita experimentar de tudo, de modo até irracional; o outro, bem mais guloso, prefere viver para comer. Basicamente é assim: um vive para comer e o outro come para viver.

Eles têm natureza dupla e podem tanto levar uma vida completamente desregrada como podem levar uma vida totalmente regrada e santificada – de Dom Juan a um Papa, é só um pequeno pulo.

Eles vivem de conformidade com as suas intuições, e confiam mesmo muito mais na intuição do que na razão, até porque para eles a lógica é algo que parece não fazer sentido, porque no mundo interior em que vivem, as coisas não precisam de lógica para acontecerem.

Os Piscianos não pensam – sentem ou pressentem. Eles, mais do que ninguém, estão ligados com o que se chama de "inconsciente coletivo" e acreditam que podem realizar tudo o que podem imaginar, para si e para todos – são médiuns por excelência.

Profissionalmente sentem-se completamente à vontade nos grandes negócios, principalmente nos de caráter especulativo ( a energia de Júpiter expande a sua intuição natural). Em qualquer área onde seja preciso usar a intuição, eles são insuperáveis. E é por isso que muitos se voltam para as carreiras eclesiásticas, pois podem satisfazer ao mesmo tempo o desejo de honras, de poder isolar-se e de ser útil.

Eles são altruístas e gostam de estar em posições onde possam, simultaneamente, satisfazerem o próprio ego e ajudar os necessitados.

Por estarem sempre em sintonia com o inconsciente coletivo, eles saem-se muito bem nas atividades artísticas e jornalísticas, porque conseguem perceber, adivinhar o que agradará e impressionará a maioria, a grande massa – são excelentes profetas. Eles sempre parecem saber o que fazer ou dizer para convencer alguém.

Piscianos costumam ser amorais, e por isso às vezes as suas atitudes podem parecer totalmente surpreendentes. Eles tendem a desprezar tudo o que pode limitar o ser humano, e por essa razão admitem todas as experiências. Apenas para provar que não estão presos, e para sentir algo novo, são capazes de muitas e muitas coisas surpreendentes na vida amorosa. Para eles é muito mais importante poder sentir tudo o que seja possível sentir... Mas que ninguém espere certezas e segurança. Sempre haverá algo novo a ser descoberto e sentido.

Os Piscianos conseguem resistir a tudo, menos a uma tentação.

PERFIL FEMININO

As mulheres de Peixes também atraem pelos olhos... e pela voz, que tem algo de misterioso – uma espécie de canto da sereia.

Elas costumam sofrer de indisposições que vêm e vão com a mesma rapidez –são conhecidas como "fadigas românticas". Não gostam muito de agitação e preferem um clima contemplativo. Como são sensíveis aos ambientes, devem evitar locais onde não se sintam à vontade.

Algumas Piscianas têm tendência a chegar bem perto da obesidade, especialmente porque são bastante gulosas.

Por serem dotadas de excelentes faculdades mediúnicas, devem ter cuidado com algumas experiências ocultas, pois podem se envolver demais e depois não conseguirem sair, não conseguirem libertar-se, tal como pode acontecer com o álcool e as drogas.

Os melhores tratamentos para a saúde das Piscianas são os homeopáticos, até porque costumam apresentar sintomas geralmente pouco nítidos, e porque os tratamentos alopáticos podem provocar muitos efeitos colaterais.

As mulheres de Peixes costumam ser o supra-sumo da gentileza e se emocionam diante de quase tudo. Mas também podem mostrar-se completamente insensíveis diante de algo ou alguém que detestam por algum motivo.

A intuição é o seu ponto forte.

São mulheres que, mesmo depois de idosas, continuam gostando dos "contos de fadas".

Profissionalmente se saem bem em todas as áreas onde seja preciso usar a intuição e o sentimento, seja no campo científico ou no oculto e esotérico.

Elas estão aptas a realizar qualquer tipo de tarefa, porque sabem intuitivamente como qualquer coisa deve ser feita. Mas, no fundo, só fazem mesmo aquilo que lhes dá prazer. São as melhores vendedoras que existem na face da Terra, e convencem com os argumentos menos convencionais que possam existir.

No amor elas são o próprio amor, a própria paixão, o próprio romance, e por isso ninguém é capaz de amar melhor do que elas. Elas são mulheres em todos os sentidos da palavra, e importam-se muito mais em amar do que em serem amadas.

Um dos desejos secretos das Piscianas é poderem fazer parte da vida de alguém, fundir-se a alguém – elas simbolizam com perfeição a união dos opostos.

Elas tratam a sexualidade como parte de um todo absoluto.

Se em algum momento, em algum lugar, a sexualidade puder assumir um caráter inteiramente divino sem perder as suas características mundanas, ali estará uma Pisciana.

Seu Regente Júpiter

 Júpiter é o regente de Sagitário e Peixes, respectivamente 9ª e 12ª Casas. É um Astro elétrico, masculino, vitalizante e fecundo. O seu elemento é o fogo e a sua composição resulta da combinação dos princípios quente e seco. É um Astro expansivo e protetor.

Júpiter é o criador dos códigos e leis. É sob sua influência que nasce a fé. Ele se manifesta como a autoridade maior e com o conhecimento mais elevado e avançado. Embora não seja excepcionalmente criativo, é dotado de enorme capacidade para realizar, administrar e aperfeiçoar o que os outros criam. É generoso, nobre, sincero, digno , organizado, otimista, jovial... Seu raciocínio é lógico, profundo e brilhante. Na composição do corpo humano representa o fígado e as glândulas supra-renais. Atua sobre as gorduras e a circulação arterial. Também influencia os órgãos e funções de Sagitário e Peixes. Normalmente é o Astro que garante a riqueza, prestígio e felicidade.

Júpiter é o dono da quinta-feira, as suas cores são a azul, a violeta e a púrpura, sua formas são as curvas e nobres, as suas linhas são as ovaidais e bem definidas, os seus sabores são os doces, os seus aromas são os agradáveis e repousantes.

No reino animal domina sobre todos os animais de porte nobre, seja entre os quadrúpedes ou entre as aves. No reino mineral sobre o estanho, a turquesa e a safira. No reino vegetal sobre a malva, a mirra, o álamo, o jasmim e os aloés.

Júpiter age ativamente sobre Sagitário e passivamente sobre Peixes. Sobre Sagitário a sua ação é fogo sobre fogo; sobre Peixes é fogo sobre água.

A Décima Segunda Casa

A décima segunda Casa é a morada de Peixes. É uma Casa cadente que fica de 330° a 360° dentro do Zodíaco – representa o final do Inverno, o fim do Ano Astral, o fechamento do ciclo vital do hemisfério. É uma Casa de conclusões e de ações subconscientes. Mostra as forças e fraquezas desconhecidas ou ocultas. Indica os inimigos ocultos, as traições, as condenações, os sofrimentos físicos e morais, os trabalhos penosos, os confinamentos, o que é incurável. Essa Casa mostra o que se esconde dos outros. É uma Casa de solidão e reflexão subconsciente, de avaliação íntima da própria existência.

COMPATIBILIDADES E INCOMPATIBILIDADES

Peixes e Áries: deixam muito a desejar e a água de Peixes pode mesmo apagar o fogo Ariano.

Peixes e Touro: são complementares e a união é profunda.

Peixes e Gêmeos: totalmente incompatíveis.

Peixes e Câncer: há tanta afinidade que podem não resistir – estão sempre fora da realidade do casal.

Peixes e Leão: uma relação difícil. Para dar certo é preciso que Peixes seja a fêmea e se coloque inteiramente às disposição de Leão.

Peixes e Virgem: opostos que se atraem e se tornam estranhos com o passar do tempo.

Peixes e Libra: há um certo "mal-entendido". Podem passar um pelo outro sem nunca se entenderem, mesmo sendo Signos afetivos.

Peixes e Escorpião: uma relação intensa e mística – entendem-se por meias palavras.

Peixes e Sagitário: compreendem-se e se amam.

Peixes e Capricórnio: entendem-se bem.

Peixes e Aquário: uma atração mal compreendida – vivem em universos diferentes. É o típico "me aceita como sou, sem tentar me modificar em coisa alguma".

Peixes e Peixes: compreendem-se, sem que ninguém compreenda como.









FECHAR









Make your own free website on Tripod.com