Paulo Roberto Segundo e os Signos no Hemisfério Sul da Terra Paulo Roberto Segundo e os Signos no Hemisfério Sul da Terra




Para pensar a respeito


Caso você nunca tenha parado para pensar a respeito, todas as informações astrológicas que as pessoas do Hemisfério Sul recebem são tiradas de textos (livros) que são escritos no Hemisfério Norte e apenas traduzidos e/ou compilados para o nosso idioma.

Dessa forma, quando você lê algo sobre a Astrologia, é importante saber que "você está lendo sobre a realidade do Hemisfério Norte, sobre as Estações do Hemisfério Norte, sobre os Signos do Hemisfério Norte", pois o texto que você estiver lendo é apenas uma "tradução".


Neste Site você vai conhecer a Astrologia totalmente adaptada à realidade do Hemisfério Sul e descobrir que o seu Signo de Nascimento não é, nunca foi e nunca será o que você sempre acreditou que fosse, porque ele não corresponde à Estação em que você nasceu.

Os Signos do Zodíaco são a representação exata das quatro Estações do Ano, sendo que cada Signo rege um período (aproximadamente trinta dias, ou exatamente trinta graus) de uma determinada Estação.

Acontece, porém, que a Astrologia, com os seus Horóscopos, foi toda desenvolvida no Hemisfério Norte e as datas que representam cada Signo correspondem somente às Estações de lá.

Sabendo-se que o Signo de cada pessoa é definido no momento em que ela nasce, de acordo com a relação que a Terra estabelece com o Sol; sabendo-se que os efeitos do Sol sobre a Terra são sempre duplos e opostos, grau após grau, segundo após segundo, durante todo o percurso que ela faz ao redor dele, enquanto realiza o seu movimento de translação, mantendo uma inclinação constante de 23,5° em seu eixo de rotação; e sabendo-se que isso produz Estações opostas nos dois hemisférios da Terra, é facílimo concluir que os Signos também são produzidos de maneira oposta nos dois hemisférios da Terra nas mesmas datas do Calendário.

Alguém que nasce na Primavera, por exemplo, jamais, sob hipótese alguma, poderá ter as mesmas características de alguém que tenha nascido no Outono, e portanto as duas pessoas jamais poderão pertencer ao mesmo Signo (como equivocadamente as pessoas estão sendo informadas), porque as características dos Signos estão diretamente ligadas às características de cada período de cada Estação.

Veja o exemplo do próprio Hemisfério Norte (onde a Astrologia foi desenvolvida): quem nasce na Primavera de lá, nos primeiros trinta graus, é do Signo de Áries;
quem nasce nos trinta graus seguintes é do Signo de Touro;
e quem nasce nos últimos trinta graus da Primavera é do Signo de Gêmeos.

Já quem nasce nos primeiros trinta graus do Outono (Estação oposta à Primavera) é do Signo de Libra (oposto ao Signo de Áries);
quem nasce nos trinta graus seguintes é do Signo de Escorpião(oposto ao Signo de Touro);
e quem nasce nos trinta graus finais do Outono é do Signo de Sagitário (oposto ao Signo de Gêmeos).

Aqui no Hemisfério Sul se diz, por exemplo, que quem nasce nos trinta graus iniciais da Primavera é do Signo de Libra...
e isso é um equívoco imperdoável, além de ser uma contradição às bases astrológicas, porque as características dos Signos sempre vão corresponder às características das Estações do Ano, e Libra é, sempre foi e sempre será, o Signo que rege e caracteriza o início do Outono.

Isso tudo quer dizer exatamente o seguinte:
Se você nasceu no Hemisfério Sul, o Signo que você sempre acreditou ser o seu não é o seu verdadeiro Signo, porque ele corresponde às características da Estação do Ano oposta à do seu nascimento.








FECHAR





Make your own free website on Tripod.com